Cemac promove palestra em escola

Alunos participaram ativamente da atividade
Créditos: Colégio Logosófico/ Divulgação.

Atividades acontecerão até outubro em 15 locais da cidade. O objetivo é apresentar a história do município através de fotografias.

Com o objetivo de apresentar um pouco mais sobre a história de Chapecó, a partir dos primeiros açougues da cidade, o Centro de Memória Alfa/ MaxiCrédito (Cemac) inicia um ciclo de palestras, de forma online, nas escolas da cidade. As atividades acontecerão até outubro em 15 escolas. A primeira delas aconteceu no Colégio Logosófico, durante a semana do aniversário do município. Conforme a historiadora e coordenadora do Cemac, Elisandra Forneck as informações repassadas apresentam os aspectos da história agroindustrial da região. “É fundamental falar sobre a importância das raízes culturais de Chapecó, construída por populações locais e migrantes das mais variadas culturas. O despertar para a valorização das raízes culturais de uma região poderá gerar no indivíduo a motivação e o interesse sobre a sua própria cultura, tornando-o um cidadão mais sensível e consciente”, destaca Elisandra.

Palestra
A professora de história do Colégio Logosófico, Aline Cristine Bürgel a atividade desenvolvida com os adolescentes foi
importante, pois foi possível mostra, através das fotografias, o início das atividades do município. “O objetivo é que os alunos pudessem conhecer o histórico desta atividade tão importante para a economia do nosso município, podendo identificar mudanças e permanências neste tipo de atividade, a partir das fotografias e da aula ministrada”, afirma Aline. A professora destaca que os alunos participaram da atividade e puderam reconhecer lugares ou até mesmo
pessoas nas fotografias apresentadas.

Exposição Fotográfica
Com a pandemia, as atividades ficaram restritas e passaram a ser desenvolvidas de forma online com aulas ao vivo pela
internet ou gravadas. Elisandra destaca que os professores terão acesso ao arquivo digital tanto da cartilha quanto da
exposição fotográfica para compartilhamento. “A cartilha também está em formato de áudio livro, que pode ser acessado por pessoas com deficiência visual. A exposição fotográfica física vai circular pouco este ano, para evitar aglomerações. Algumas escolas e entidades, que tem um espaço físico amplo, com boa circulação de ar, podem solicitar que o pedido será analisado e eles se responsabilizam em orientar os alunos nas medidas de distanciamento e higienização”, destaca a coordenadora.

Links do projeto:

Clique e curta https://www.facebook.com/Defabricasdebanha


Para acessar e realizar download da cartilha, exposição fotográfica e áudio livro, só clicar nos links a seguir.

Cartilha
https://www.flickr.com/photos/189781982@N07/51216508993/in/album-72157719311502613/lightbox/


Exposição fotográfica
https://www.flickr.com/photos/189781982@N07/51200906360/in/album-72157719266837617/lightbox/


Áudio Livro
https://drive.google.com/file/d/1Er3ZPBv27IYgX8yCvk9Uj1R3P2MJUoF7/view?usp=sharing

Fonte: http://ow.ly/SuD450G1Uws