Fundadores do Cooperalfa

Fundadores do Cooperalfa

Em 29 de outubro de 1967, muitos agricultores e lideranças locais estiveram reunidos para reformular os estatutos da Cooperativa Tritícola, que estava desativada há alguns anos. Setembrino Victorino Zanchet (gerente do Banco do Brasil) e Aury Luiz Bodanese( agricultor e comerciante), defendiam que transformando a cooperativa em mista agrícola, ela teria mais chance de dar certo. Apesar da presença de mais pessoas, 39 cooperativistas assinaram a ata de fundação da Cooperalfa, na época com o nome de Cooperativa Mista Agropastoril de Chapecó LTDA. - Cooperchapecó. Conheça a seguir um pouco da história de cada um.

Adino Tonin (em memória)

Adino Tonin (em memória)

Adino Tonin nasceu em Farroupilha, Rio Grande do Sul. Mudou-se para Santa Catarina na década de 1940, estabelecendo-se na comunidade de Alto da Serra, Chapecó, onde residiu por muito tempo. Casado com Amália Seben Tonin, teve três filhos e cinco netos.​  continue lendo...

Antônio Onghero (em memória)

Nasceu na Itália em 1887, imigrando para o Brasil com apenas 08 anos de idade. Casou-se em 02 de março de 1907, em Linha Silva Jardim, Rio Grande do Sul, com Maria Anzolin Onghero, com quem teve 11 filhos. Faleceu aos continue lendo...
Antônio Onghero (em memória)
Alcides Antônio Biffi Fin (em memória)

Alcides Antônio Biffi Fin (em memória)

Nasceu em 09 de outubro 1931. Casou-se com Vilma Riboli Fin, com quem teve seis filhos. Motorista e agricultor, foi um dos fundadores da Cooperalfa e trabalhou na cooperativa durante 22 anos, aposentando-se em 1989. Foi convidado a participar da continue lendo...

Aury Luiz Bodanese (em memória)

Aury Luiz Bodanese nasceu no dia 03 de julho de 1934, em Linha Tapir, Barão do Cotegipe, Rio Grande do Sul. Casou-se com Zelinda Santa Catarina Bodanese, com quem teve quatro filhos. Faleceu em 30 de janeiro de 2003, em continue lendo...
Aury Luiz Bodanese (em memória)
Carlos Antônio de Azambuja Loch (em memória)

Carlos Antônio de Azambuja Loch (em memória)

Nasceu em Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, em 07 de dezembro de 1941. Com cinco anos mudou-se para Porto Alegre, onde formou-se em Agronomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Fez concurso para a ACARESC em Rio do continue lendo...

Chisto Romano Cella

Nasceu dia 14 de julho 1937, em Colônia Cella, Chapecó, Santa Catarina. Entre os anos 1954 e 1956 saiu de Chapecó para estudar em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. No colégio (internato) trabalhou para custear as despesas com continue lendo...
Chisto Romano Cella
Dário Lajus Sperry (em memória)

Dário Lajus Sperry (em memória)

Dário Lajus Sperry masceu em Nonoai, Rio Grande do Sul, em 27 de março de 1897. Trabalhou como balseiro, além de ser proprietário de uma ervateira. Atuou ainda nos Correios de Marechal Bormann, Chapecó, Santa Catarina e foi intendente da prefeitura naquele local. ​​​Foi casado continue lendo...

Delferino Angelo Strapazzon (em memória)

Primogênito de 14 irmãos, Delferino nasceu em 28 de maio de 1939, em Vila Oeste, Guaporé, hoje União da Serra, no Rio Grande do Sul. Aos 10 anos ingressou no Seminário. Mais tarde desistiu de ser padre.  Instalou-se em Chapecó continue lendo...
Delferino Angelo Strapazzon (em memória)
Edio Antônio Zart (em memória)

Edio Antônio Zart (em memória)

Edio Antônio Zart nasceu em 08 de fevereiro de 1936, em Lageado, Rio Grande do Sul. Em 1950, migrou para a região de São Carlos, no oeste catarinense. Em 1961, mudou-se para linha Monte Alegre, Chapecó, onde trabalhava como agricultor. ​ Ele foi vice-presidente continue lendo...

Erlindo Donadello (em memória)

Nasceu em Nova Prata, Rio Grande do Sul, em 30 de agosto de 1920. Chegou ao oeste catarinense por volta de 1940, onde trabalhou com lavoura. Foi o trigésimo nono produtor a instalar um aviário em Chapecó. Casou-se com Angelina Maria continue lendo...
Erlindo Donadello (em memória)