Antônio Silvestre Poletto (em memória)

Antônio Silvestre Poletto nasceu no município de Marau, Rio Grande do Sul, no dia 14 de março de 1940. Filho de Izidoro e Angela Poletto, é o mais velho de 12 irmãos. Em 1943, com a família, migrou para Santa Catarina. Instalaram-se no interior de Águas de Chapecó, onde buscavam “terra nova” para exercer a agricultura. Antônio estudou até a 4ª série do ensino fundamental. Em 26 de maio de 1965, casou com Oneide Piccini Poletto. O casal fixou residência na comunidade de Aguinhas e tiveram quatro filhos: Célia, Dulci, Dirceu e Cézar.  No cooperativismo, a trajetória de Poletto iniciou em 28 de setembro de 1975, ao associar à Cooperalfa. Em 1978 foi escolhido como líder pelos associados de sua comunidade. Em 1981 foi eleito para o conselho de administração, função que exerceu até 1985. Enquanto integrava o conselho, participou da fundação da então Credialfa. A esposa Oneide até hoje possui conta no Sicoob MaxiCrédito. Antônio sempre foi líder comunitário e também ministro da eucaristia. Em 2002, o casal fixou residência na cidade de Águas de Chapecó, onde compraram um mercado, que os filhos e a esposa mantêm. Poletto faleceu em 01 de setembro de 2007.