Celito Mezzomo

Celito Mezzomo nasceu no dia 14 de abril de 1949, em Colorado, Rio Grande do Sul. Filho de Jorge Pascoale Mezzomo e Luiza Giacobo Mezzomo, é o oitavo filho de 10 irmãos de uma família agricultora. Quando Celito tinha cerca de seis anos de idade, a família mudou-se para Porto Goio En, na divisa com Santa Catarina. Ali, trabalhavam com hotelaria. Foi no hotel, que Jorge Mezzomo conheceu Aury Luiz Bodanese. O comerciante, muitas vezes, pernoitava no local, para viajar até o município gaúcho de Erechim, onde vendia feijão. Anos depois, a convite de Aury, a família mudou-se para Alto da Serra, município de Chapecó. Ali, montaram um salão de baile e também dedicaram-se à lavoura.  Em 1968,com 19 anos, Celito começou a trabalhar na Cooperalfa em Caxambu do Sul, “para aprender”. Meses depois, assumiu a gerência da filial de Alto da Serra, onde permaneceu até 1979, quando foi transferido para a unidade de Nova Erechim. Em 1993, desligou-se da Cooperalfa para trabalhar por conta própria em Ibirubá-RS, onde reside até hoje. Participando de uma festa de casamento nesta cidade, conheceu Clari, com quem se casou em março de 1982. Juntos, tiveram dois filhos (Jorge e Maria Luiza), além de um neto. Em 1984, Celito foi um dos gerentes da Alfa a ser chamado para participar da fundação da Credialfa. “Nos primeiros anos, a gente também era uma espécie de gerente da cooperativa de crédito, pois fazíamos de tudo: cadastro de abertura de conta, depósitos, operações de crédito, entregávamos cheques, buscávamos mais sócios…”. Celito ressalta a satisfação por ter feito parte dessa história e que tudo que aprendeu “sobre profissão com a Cooperalfa e o Sicoob, coloquei em prática quando abri minha empresa. Foi um grande aprendizado”. Celito também lembra que contratou o atual presidente da MaxiCrédito, Ivair Chiella, como auxiliar de escritório, quando  era gerente de Nova Erechim. “É muito bom ver as pessoas que você contratou crescendo. É uma pena que não moro mais na área de atuação da Maxi, caso fosse, com certeza, estaria operando com ela”.