Indústria de Milho

No ano de 1979 a Cooperalfa deu um importante passo em seu desenvolvimento, com o início das atividades da indústria de derivados de milho, na matriz, em Chapecó, Santa Catarina. Elói Frazzon, ex-colaborador da Cooperalfa, em depoimento, afirmou que era preciso “[…] que deixássemos de ser apenas um elo de comercialização entre produtor e mercado. Precisávamos viabilizar atividades que agregassem valor à produção do associado. O milho foi a melhor alternativa para a inserção da Alfa na Era Industrial”.