Sistema Financeiro Nacional

Foi criado o Sistema Financeiro Nacional, que quase extinguiu as cooperativas de crédito mútuo abertas à população. Por outro lado, os militares incentivaram as cooperativas agrícolas como questão de segurança alimentar. “Com a lei de 1964, que reformulou o sistema bancário nacional e determinou outras providências, o governo assumiu, por meio do Banco do Brasil, o ônus de financiar a produção primária, em detrimento do cooperativismo (WERLE, 2014, p.104). Seu ressurgimento foi apenas na década de 1980, quando muitas delas, principalmente em Santa Catarina, foram fomentadas pelas cooperativas agropecuárias.