Gil Caetano Tosi

Gil Caetano Tosi nasceu em Joaçaba, Santa Catarina, no dia 15 de julho de 1934. Por cinco anos, estudou em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, onde concluiu o curso científico (hoje ensino médio), em colégio metodista. Mudou-se para Chapecó no ano de 1954. Foi funcionário público no Fórum do município durante um ano. Posteriormente, prestou concurso público para o Banco do Brasil, onde trabalhou por muitos anos como fiscal da carteira de crédito. Devido à sua função na instituição, visitava muitos agricultores a fim de fiscalizar se os empréstimos eram aplicados de maneira correta no campo. O então gerente do Banco do Brasil, Setembrino Zanchet, solicitou a Tosi uma busca por pessoas para formar uma diretoria e reestruturar a cooperativa tritícola. “Eu quero fazer o cooperativismo nascer e renascer em Chapecó”, dizia Zanchet ao funcionário. Tosi atuou ainda como interventor do Banco do Brasil em algumas cooperativas no Oeste catarinense como a Cooperativa Xaxiense (que em fusão com a cooperativa de Chapecó formou a Cooperalfa) e a cooperativa de Palmitos (hoje CooperA1). Sua maior satisfação, declarou Tosi, foi “acabar com a história de que cooperativa só tinha ladrão”. Tosi foi casado com Maria Atahir Marciel (falecida em 2016), com quem teve cinco filhos. Ele, até hoje, reside em Chapecó onde é proprietário de uma imobiliária.