Cooperativismo e Era Vargas

Do início do século até a década de 1930, inúmeras são as experiências cooperativas no Brasil, mas a partir da Era Vargas até 1965, as cooperativas cresceram com forte intervenção e apoio estatal. O Decreto nº 22.239, de 19 de dezembro de 1932, apresenta as características das cooperativas e consagra as postulações doutrinárias do sistema cooperativista, mas foi revogado em 1934, sendo restabelecido em 1938. Em 1943 foi novamente revogado, para ressurgir em 1945, permanecendo em vigor até 1966. Apesar de todos os transtornos, foi uma fase de muita liberdade para formação e funcionamento de cooperativas, inclusive com incentivos fiscais.